Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Morte de cliente em revendedora de veículos durante tiroteio em Curitiba gera comoção nas redes sociais

Jovem foi ao local para comprar um carro; homens dispararam mais de 40 tiros

0

Mãe de dois filhos, a jovem Vanessa Milczuk Padilha, de 23 anos, foi executada a tiros ao lado de dois homens em uma revenda de veículos no bairro Santa Terezinha em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba, na tarde desta segunda-feira (20). Ela estava no local para comprar um carro, quando os atiradores chegaram e dispararam várias vezes. O alvo seria Temircio Pedro Capistrano, de 30 anos, dono da revendedora, que também morreu. Além deles, outro cliente, Adão Carlos Borges da Silva, de 48 anos, não resistiu aos ferimentos.

Na rede social Facebook, amigos de Vanessa não conseguem acreditar no que aconteceu. “Por maior que seja meu luto, eu acredito que você partiu para um lugar melhor e repleto de paz 💔😭”, disse uma amiga da vítima. O corpo de Vanessa está sendo velado na Igreja Evangélica Batista do Sítio Cercado. O sepultamento será na tarde de hoje no Cemitério Memorial da Vida, em São José dos Pinhais.

O crime

Bandidos com arma longa abriram fogo contra a revendedora de veículos na Av. Nossa Senhora Aparecida, no bairro Santa Terezinha em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. Três pessoas foram mortas; o proprietário da loja e um casal de clientes. Ainda, outro comprador, de 31 anos, foi baleado na perna. Ele foi socorrido em estado grave pelo Siate do Corpo de Bombeiros.

Para fugir, os quatro marginais usaram uma Renault Duster branca. A informação é que a loja havia sido inaugurada há uma semana.  O proprietário do estabelecimento seria o alvo dos atiradores, de acordo com a Polícia Militar (PM). O subtenente Luiz, do 17° Batalhão da Polícia Militar, falou sobre o que foi apurado no local do crime junto a um funcionário do estabelecimento, único que escapou ileso do atentado.

“Pela experiência que temos, claramente foi uma execução. O veículo Duster se aproximou da loja, que está em construção, e os rapazes, que usavam máscaras cirúrgicas, dispararam contra quem estava na loja. Um funcionário que esteve no local conseguiu fugir e disse que dois entraram pelo portão lateral, identificando-se como policiais, e foram em direção à caminhonete onde estava o dono, negociando com uma mulher. A moça e o proprietário saíram correndo e foram atingidos. A outra vítima fatal é um senhor que havia acabado de comprar um carro, que também teria corrido”, descreveu.

Comentários
Carregando