Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Mosquini teria repassado R$ 334 mil para Lebrão e Edson Martins

0

Lista de pagamentos foi encontrada na casa de Mosquini durante buscas da Ludus

Os políciais que realizaram buscas e apreensões na residência do deputado federal Lúcio Mosquini (PMDB) durante a Operação Ludus, deflagrada em dezembro de 2014, encontraram uma listagem manuscrita com valores que teriam sido repassados aos deputados estaduais José Lebrão e Edson Martins, ambos aliados de Mosquini nas eleições de 2014.

Leia também:

GRAVAÇÃO ENTRE MOSQUINI E CONFÚCIO COMPROVA QUE ESPAÇO ALTERNATIVO ERA “OBRA ELEITOREIRA”

EMPRESAS QUE GANHARAM LICITAÇÃO DO “ESPAÇO” NÃO TINHAM COMO EXECUTAR A OBRA

MOSQUINI DEVIA MAIS DE R$ 100 MIL A TESTONI

POLÍCIA ENCONTROU CHEQUE DE MOSQUINI EM POSTO DE TESTONI

Na relação, aparece o nome de Lebrão com a seguinte listagem, “Pimenteiras, São Miguel do Guaporé, São Francisco, Nova Brasilândia e Campo Novo”, cada um com um valor diferente. Já abaixo do nome de Edson Martins, estão os municípios de Nova União, Seringueiras e Vale do Anari, também com valores diferenciados. O total dos pagamentos é de R$ 3324 mil. Veja abaixo a descrição feita pelo Ministério Público:

Descrição do manuscrito encontrado na casa de Mosquini
Descrição do manuscrito encontrado na casa de Mosquini

 

Comentários
Carregando