Motorista de caminhão mata dois índios atropelados e não presta socorro

Dois indígenas morreram atropelados por um caminhão, na noite desta terça-feira (13) na MT-130, em Brasnorte, a 580 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Civil, três índios, da etnia Rikbaktsa, estavam em uma motocicleta que foi atingida pelo caminhão. O motorista não prestou socorro e fugiu do local.

Segundo os policiais civis, o acidente ocorreu a 75 km de Brasnorte, no trecho que vai para Juína, município a 737 km da capital. A Polícia Civil identificou o veículo como um caminhão pois os destroços dele foram encontrados ao longo da rodovia.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamada ao local e encaminhou dois dos três índios, todos homens, para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Juína. Um indígena, de 19 anos, foi encontrado morto na rodovia. Ele foi identificado como Marcio Makso Rikbakta.

Os funcionários da UPA disseram aos policiais que um dos índios socorrido morreu durante o atendimento. A terceira vítima foi entubada e continuava internada na unidade. Os funcionários fizeram contato com a Casa de Saúde Indígena de Juina (Casai) para localizar os familiares dos índios.

Conforme a Polícia Civil, destroços e pedaços dos corpos das vítimas foram encontrados ao longo de 200 metros do local onde a moto foi atingida. Também não foram encontrados sinais de frenagem da motocicleta ou do veículo que atingiu os índios.

Os policiais tentam identificar o motorista que atropelou os indígenas e também devem abrir uma investigação para apurar as causas do acidente.
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta