MP eleitoral pede indeferimento do registro de Amado Rahhal

Vice de Léo Moraes foi diretor do HB e teve contas rejeitadas

O promotor eleitoral Héverton Alves de Aguiar pediu o indeferimento do registro de candidatura do médico Amado Rahhal, para o cargo de vice-prefeito na chapa de Léo Moraes (PTB). Na peça, protocolada na última sexta-feira, 12, o promotor alega que Amado teve as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado e isso gera inelegibilidade.

De acordo com o pedido, “se no momento do registro de candidatura o candidato incindir em causa de inelegibilidade, seu registro deve ser indeferido”.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta