MP investiga ex-servidora da SEFIN/RO que cobrava propina para liberar pagamentos

Operação Caronte foi deflagrada nesta terça-feira

O Ministério Público do Estado de Rondônia deflagrou na manhã desta terça-feira, 15 de agosto, a Operação Caronte, como resultado de investigação conduzida pelo Centro de Atividades Extrajudiciais e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (CAEX/GAECO) em parceria com a 5ª Promotoria de Justiça, oportunidade em que foram cumpridas ordens de busca e apreensão, quebra de sigilo bancário e de indisponibilidade de bens, expedidas pelo Poder Judiciário do Estado de Rondônia.

Nas apurações realizadas foram encontrados indícios de que uma ex-servidora da Secretaria de Estado de Finanças exigia vantagem indevida de servidores públicos, no importe de 20% (vinte por cento), para agilizar o pagamento de créditos legítimos, decorrentes da conversão da licença prêmio em pecúnia.

O nome da operação faz referência ao barqueiro da mitologia grega responsável por conduzir as almas sobre as águas dos rios que separavam os mundos dos vivos e dos mortos.

Porém, Caronte só transportava as almas daqueles que pagassem pela travessia. Já aqueles que não podiam pagar a quantia, ficavam vagando pelo mundo dos vivos.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta