MP pede fechamento da Shell, Ipiranga e BR no Rio

Órgão entrou com ação pública contra fraude em empresas.

O Ministério Público do Rio entrou com uma ação civil pública contra três gigantes dos combustíveis: BR Distribuidora, Ipiranga e Esso/Shell. No processo, o órgão pede a cassação do registro destas empresas em todo o estado do Rio por fraude.

As distribuidoras foram envolvidas num escândalo em novembro de 2016, quando a Agência Nacional do Petróleo identificou 16 milhões de litros de etanol batizado com metanol em postos na Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio. Até o momento ninguém foi punido pela ANP.

No documento, o MP afirma que as empresas vendiam álcool adulterado com metanol, produto proibido no Brasil. No documento, o procurador Alberto Flores Camargo afirma que houve perigo de dano para a ordem econômica e social. O metanol é altamente tóxico, e pode causar danos à saúde.

Camargo também pede ainda que o estado “não mais conceda ou renove benefícios fiscais ou financeiros” às empresas.,

Fonte: veja.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta