MPF abre inquérito contra Edinho, ex-ministro de Dilma

O MPF abriu inquérito nesta segunda-feira, 8, para apurar a denúncia de caixa 2 contra Edinho Silva, ex-ministro da Comunicação Social da Presidência e também tesoureiro em sua campanha eleitoral de 2014. O processo está baseado em depoimentos prestados por Delcídio Amaral na Operação Lava-Jato.

Aparentemente, quando Delcídio foi candidato ao governo do Mato Grosso do Sul, ele pediu socorro financeiro a Edinho, na ocasião tesoureiro da campanha de Dilma a reeleição. O valor era de aproximadamente R$ 1 milhão.

Conforme a delação de Delcídio, Edinho sugeriu que credores emitissem falsas notas fiscais em nome do laboratório farmacêutico EMS.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta