MPF quer barrar manobra de Cunha para fugir de Sergio Moro

Órgão quer evitar transferência de processo para o Rio.

O Ministério Público Federal (MPF) posicionou-se contra o recurso em que Eduardo Cunha pediu para seu processo ser transferido para o Rio. A defesa alega que o processo deveria tramitar na vara fluminense, local onde teriam ocorrido os crimes contidos na acusação. O que se diz, no entanto, é que Cunha quer fugir do juiz Sergio Moro.

A Procuradoria Regional da República da 2ª Região (PRR2), no entanto, afirma que a ação deve tramitar na 13ª Vara Federal de Curitiba. Segundo a procuradoria, a competência para o caso ser julgado em Curitiba foi reconhecida pelo Supremo quando este desmembrou a ação, já que ele era deputado à época, e remeteu o caso de outros réus (Fernando Soares, Júlio Camargo e Nestor Cerveró) serem julgados na 13ª Vara Federal daquela cidade.

“Do ponto de vista processual, a apuração aberta contra Eduardo Cunha e Solange Almeida apenas tramitou no Supremo Tribunal Federal, e não na 13ª Vara Federal de Curitiba, em razão da situação processual particular do foro por prerrogativa de função então ostentado pelos acusados”, disse a a procuradora regional da República Neide Cardoso.

Fonte: blog radar on line

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta