Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

MULHER CONFESSA TER MATADO O FILHO DE DEZ MESES PORQUE “VIVIA PRESA” E TINHA QUE CUIDAR DA CRIANÇA

0

 Policiais civis de Candeias do Jamari prenderam em Ariquemes, Juliana Ramos Martins, 26 anos, acusada de ter matado seu próprio filho, de 10 meses de idade, Deivid Ramos Castro, com um golpe na cabeça, após diversos maus-tratos.

O crime aconteceu no Distrito de Triunfo, Candeias do Jamari, a 100 km, da Capital no dia 27 de dezembro do ano passado, quando a Polícia Militar e a médica do Distrito foram informadas de que a criança teria amanhecido morta no berço. A suspeita inicial era de morte natural. Porém, encaminhada ao IML o médico legista constatou que o óbito da criança foi causado por traumatismo craniano, ou seja, um golpe sofrido na região superior da cabeça do bebê. Foram ainda encontradas diversas lesões características de espancamentos.

A Delegacia de Candeias do Jamari ao tomar conhecimento dos fatos iniciou as investigações que concluíram apontando a própria mãe da criança Juliana Ramos Martins, como autora do crime bárbaro. Foram ouvidos vizinhos e o pai da criança, que narraram maus-tratos na criança, que possuía uma deficiência respiratória.

Na Delegacia a acusada confessou ter matado o filho, pois sentia muita raiva por viver presa tendo que cuidar da criança, alegou ainda ser possuída por um demônio.

deived

Fonte: RONDONIAGORA

Comentários
Carregando