• Homepage
  • >
  • Internet
  • >
  • Mulher de Aécio Neves, Letícia Weber, não xingou brasileiros

Mulher de Aécio Neves, Letícia Weber, não xingou brasileiros

Mulher de Aécio Neves, Letícia Weber, não xingou brasileiros

O vídeo em que uma mulher loira esbraveja palavras de ódio contra brasileiros que votaram em Dilma Rousseff e diz estar “pronta para viajar para Orlando” voltou à tona nas redes sociais nesta sexta-feira. O boato é de que seria Letícia Weber, mulher do senador Aécio Neves (PSDB), que foi citado na delação premiada de executivos da JBS.

As imagens publicadas no Facebook ontem à noite, que chegaram a 11 milhões de visualizações, na verdade, são de 26 de outubro 2014 e nada têm a ver com a esposa do político. A protagonista é a jornalista Deborah Albuquerque Chlaem, que o postou em seu perfil após a reeleição de Dilma para um segundo mandato.

O vídeo foi republicado por um usuário do Facebook com a legenda “Urgente! Esposa de Aécio Neves manda mensagem a todos nós brasileiros” e ficou 19 horas no ar. Segundo o próprio internauta, a postagem foi derrubada pela rede social, após denúncias de que tinha informações falsas, mas ainda está disponível no YouTube.

A boataria gerada no tempo em que ficou disponível mobilizou internautas, que xingaram a esposa do senador. Comentários que se referiam a mulher como Letícia tiveram 13.000 curtidas e o assunto era o mais buscado no Google na tarde de hoje, com mais de 50.000 pesquisas.

Na gravação, Deborah diz que “é rica e bem-sucedida” e por isso tem condições de deixar o país. A jornalista ainda reclama que os eleitores do Partido dos Trabalhadores (PT) “estragaram o Brasil”. As semelhanças físicas de Deborah e Letícia, ambas de cabelos loiros e longos, fez com que milhares de usuários fossem enganados.

A publicação original foi apagada do Facebook da jornalista, porém, uma postagem do dia 27 de outubro permanece no ar e comprova que a autora das ofensas é Deborah. Ela diz seu nome e afirma que quer esclarecer as “declarações mal interpretadas” do dia anterior. Na época, ainda chegou a dizer em entrevista ao portal IG que não se arrependia do discurso.

Aécio Neves, na época candidato à Presidência pelo PSDB, com a esposa Letícia Weber (Gustavo Andrade/VEJA.com)

Fonte: veja.com
Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Anterior «
Próximo »

Deixe uma resposta

Direto de Brasília