Mulher de Cunha deve depor hoje ao Juiz Sérgi o Moro, enquanto é investigada por gastos com cartão no Brasil

Força-tarefa identificou que foram gastos R$ 1,5 milhão em quatro cartões de crédito e que nem todos os recursos usados para pagar as faturas saíram de contas pessoais de Cláudia

A jornalista Cláudia Cruz, mulher do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), é, mais uma vez, alvo de investigações da Lava Jato. Agora, ela responderá por movimentações feitas com cartão de crédito no Brasil.

De acordo com matéria do Globo, foram feitos diversos pagamentos, totalizando R$ 1,5 milhão em gastos com quatro cartões de crédito entre 2010 e 2015. Técnicos da Receita Federal informaram em laudo que nem todos os recursos usados para pagar as faturas saíram de contas pessoais de Cláudia.

O inquérito que apura a origem do dinheiro que abastece o cartão de crédito da mulher de Cunha no Brasil está sob sigilo de Justiça.

O advogado de Cláudia contou que não teve acesso às novas investigações.

A jornalista deve depor nesta quarta-feira (16) ao juiz Sérgio Moro sobre outra ação, na qual é investigada por lavagem de dinheiro. Neste caso, as despesas foram feitas no exterior e de sua conta na Suíça.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta