Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Mulher deixa filha de seis anos esperando em táxi e sai para roubar um banco

A americana Diana Marini, de 28 anos, foi detida e terá que responder pelas acusações de roubo de primeiro grau e ameça ao bem-estar de uma criança

0

Os policiais do Condado de Suffolk, em Nova York, tiveram que lidar com uma situação inusitada no último sábado (28). Tudo porque uma mulher resolveu deixar sua filha, de seis anos de idade, dentro de um táxi para tentar roubar um banco na cidade americana de Islandia.

De acordo com nota divulgada pela polícia, a americana Diana Marini, de 28 anos, entrou no banco Chase e anunciou o assalto. Após deixar o estabelecimento, a mulher entrou em um táxi, onde sua filha a esperava junto do motorista, e todos seguiram até serem localizados pelo oficial James Tobin.

Natural da cidade de Brentwood, também no estado de Nova York, Marini foi detida e acusada pelos crimes de roubo em primeiro grau e ameaça ao bem-estar de uma criança. Sua filha está sob os cuidados de familiares, e o Conselho Tutelar da região foi notificado da ocorrência.

Ainda em outubro, uma situação similar aconteceu na mesma área. Madison Munoz, de 20 anos, foi presa por tentar roubar o “Bridgehampton National Bank” enquanto seu filho, de apenas dez meses de idade, ficou dentro de seu veículo .

Freiras peculiares

Este não foi o primeiro caso inusitado de roubo a bancos nos Estados Unidos. Em agosto, de acordo com a Fox News , o Citizens Bank da cidade de Tannersville recebeu visitas inconvenientes. Com roupas típicas de freiras – o chamado hábito religioso – uma dupla de mulheres invadiu o estabelecimento e usou uma arma para intimidar os funcionários e clientes.

Reprodução/Twitter FBI Philadelphia Vestindo trajes tradicionais de freiras, as duas mulheres invadiram um banco na cidade de Tannersville, nos Estados Unidos

A polícia declarou, segundo o portal, que uma das mulheres teria entrado no local enquanto a outra permaneceu na entrada. Com uma arma, a criminosa tentou amedrontar um dos caixas, contudo, as duas não conseguiram um centavo sequer do Citizens Bank.

Como mostram as imagens das câmeras de segurança do banco, as suspeitas foram descritas como duas mulheres latinas, de aproximadamente 1,55 metro de altura, vestindo hábitos pretos e véus. Uma delas também usava óculos de sol (lentes escuras), em uma tentativa de esconder sua real identidade.

Fonte: ig.com

Comentários
Carregando