fbpx
Mulher é retirada de voo da Latam por embarcar com cachorro em bagagem de mão

Tripulação flagrou a irregularidade antes da decolagem. Incidente causou atraso de 40 minutos

Uma passageira foi retirada de um avião da Latam nesta quinta-feira (23/2) por tentar viajar com um cachorro escondido na bagagem de mão. A mulher iria de São Paulo para o Rio de Janeiro, mas a tripulação flagrou a irregularidade antes da decolagem. O incidente causou um atraso de 40 minutos até a partida.

Segundo informações do G1, ela viajaria no voo JJ3918, que partiu do Aeroporto de Congonhas com destino ao Santos Dumont. Passageiros relataram que a mulher foi descoberta logo antes da decolagem.

Um integrante da tripulação então alertou os colegas e, em seguida, avisou à mulher que ela deveria sair da aeronave. Ela aceitou a decisão naturalmente. Por causa da dificuldade de locomoção da passageira, funcionários do aeroporto providenciaram uma van adaptada e uma cadeira de rodas para que ela saísse da aeronave.

Após o incidente, o piloto se desculpou com os passageiros. A Latam informou que o avião tinha previsão de decolagem às 10h30, mas saiu às 11h08 e acrescentou que os passageiros que quiserem viajar com seus animais de estimação devem seguir recomendações, como obter atestado de saúde do animal, carteira de vacinação atualizada, certificado de vacinação antirrábica e passaporte para trânsito de cães e gatos — fornecido pelo Minstério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Caso opte por transportar o animal na cabine, o passageiro deve acomodá-lo em caixa apropriada. Além disso, é vetada a retirada do bicho durante o voo.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta