Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Mulher esfaqueia e atira quatro vezes contra ex após ele se negar a reatar relacionamento

Mulher foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio. Nenhum disparo atingiu a vítima que acabou ferida por golpe de faca.

0

Uma mulher de 31 anos foi presa na tarde desta quinta-feira (14) após atirar quatro vezes contra o ex-namorado, um mecânico de 54 anos, que se recusou a reatar o relacionamento. O desentendimento ocorreu no bairro Aparecida, zona Norte de Boa Vista.

De acordo com a Polícia Militar, nenhum disparo atingiu o homem, mas ele chegou a ser ferido pela mulher na cabeça e no braço por golpes de faca. Um revólver calibre 38 foi apreendido pela polícia com a suspeita.

Em depoimento a Polícia Civil, o mecânico disse que manteve um relacionamento de poucos meses com a mulher, porém não estavam mais juntos e ele se negava a reatar o romance, o que teria provocado o conflito.

A confusão ocorreu na casa da vítima, onde também funciona uma oficina. O mecânico contou que nesta quinta, enquanto falava ao telefone, a mulher chegou, tentou tomar o aparelho e como não conseguiu, ateou fogo em alguns objetos.

A atitude da ex-namorada deu início a uma discussão. A mulher, segundo ele, conseguiu pegar uma faca e desferiu golpes na cabeça e braços do mecânico.

Durante a confusão, os dois travaram luta corporal e o mecânico disse ter conseguido colocar a mulher para fora do local, momento em que ela efetuou quatro disparos de arma de fogo. A suspeita ainda teria quebrado o televisor e o computador do mecânico.

Ela também teve alguns ferimentos no corpo em razão da briga. Os dois foram levados ao hospital pela PM, onde receberam os primeiros-socorros. O homem levou três pontos na cabeça e quatro no braço. Os cuidados prestados a mulher não foram informados.

Depois que saíram do hospital, os dois foram encaminhados ao 1º Distrito Policial. A mulher, de acordo com o delegado Domingos Sávio, foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio e será levada à audiência de custódia.

Fonte: g1/rr

Comentários
Carregando