fbpx
Mulher mata ex-marido na frente do filho de 13 anos durante discussão

Ela fugiu para a Região Metropolitana de São Paulo, mas foi localizada pela Polícia Militar e acabou presa

O vigilante Edgar de Oliveira Tuxen, de 34 anos, morreu após ser golpeado com um facão pela ex-mulher, a vendedora Janaína Amaral Barros, de 31, em Bertioga, no litoral de São Paulo, no sábado (4). Um dos filhos do casal, de 13 anos, flagrou o crime. A indiciada foi presa no mesmo dia após fugir da cidade.

O homicídio ocorreu na residência do vigilante, localizada no bairro Chácara Vista Linda. Conforme informações da Polícia Civil, o casal, que possui três filhos, estava separado em razão de brigas constantes. O adolescente morava com o pai, enquanto a mãe vivia em Itaquaquecetuba, na região metropolitana.

A vítima foi surpreendida pela ex-mulher, que invadiu a casa com um facão de peixe escondido sob a roupa. O adolescente estava em um córrego localizado em frente ao imóvel quando viu a chegada mãe e tentou alertar o pai. Na frente do filho, Edgar recebeu um único golpe de faca no peito e caiu no chão em seguida.

Filho de 13 anos presenciou a morte do pai em Bertioga, SP (Foto: Arquivo Pessoal)

Janaína foi flagrada pelo filho fugindo do local. O adolescente acionou o avô, que trabalha em um condomínio nas proximidades, e com ajuda de vizinhos levou o pai até o Hospital Municipal de Bertioga. O vigilante, apesar de atendido pelos médicos, morreu em razão do grave ferimento próximo ao coração.

Mais tarde, equipes da Polícia Militar da Grande São Paulo conseguiram localizar a vendedora, que acabou presa em razão do crime e levada à cadeia pública. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) da região, e o velório e o enterro aconteceram neste domingo (4), também em Bertioga.

Com G1/SP

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta