Mulher mata irmão caçula e comete suicídio, em Belo Horizonte

Uma tragédia em família foi registrada pela polícia na manhã desta terça-feira no Bairro Bonsucesso, na Região do Barreiro. Uma jovem de 25 anos matou o irmão, de 19, portador de necessidades especiais, e cometeu suicídio. Segundo a família, ela vinha sofrendo com problemas psicológicos.

O caso foi descoberto por volta das 5h, quando a mãe da jovem foi chamá-la no quarto para ir trabalhar. De acordo com a Polícia Militar (PM), o pai contou que a esposa encontrou a jovem caída no cão, com um cinto no pescoço. O acessório estava preso à cama. O homem tirou o cinto do pescoço da filha e tentou reanimá-la com massagem e respiração, mas sem sucesso.

Segundo ele, quando a esposa desbloqueou o celular da filha para chamar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), viu o Facebook dela aberto. No aplicativo, a jovem havia escrito a seguinte mensagem: “Pai, mãe, perdão. Não consigo. Não adianta fingir. Eu e (irmão) não temos futuro. Só um último pedido. Não nos enterre em Monlevade, pelo amor de Deus. Amo vocês”.

Depois disso, o casal foi para o quarto do filho mais novo e o encontraram deitado com as mãos no rosto e sangue na boca. Eles também tentaram reanimar o jovem, mas ele não reagiu.

Conforme a PM, a o rapaz tinha uma marca roxa no pescoço aparentando enforcamento. O Samu e a Polícia Civil estiveram no local. Segundo as primeiras informações da perícia, a jovem teria matado o irmão e se matado.

Ainda de acordo com a PM, o pai das vítimas disse que a filha tinha problemas psicológicos por conta de uma desilusão amorosa, mas que aparentava estar tranquila nos últimos dias. O caso foi registrado na 2ª Delegacia de Homicídios do Barreiro.

Fonte: em.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário