Mulher morre ao tentar desarmar delegado em briga por amante

Secretaria Estadual de Segurança (Sesp) emitiu nota confirmando a morte

Uma mulher de 27 anos morreu baleada nesta segunda-feira (6), em São José do Rio Claro, 325 km de Cuiabá, ao tentar desarmar um delegado durante uma briga com a mulher do amante. De acordo com a Polícia Civil,  Lilian portava uma tesoura e ameaçava a outra mulher. O delegado Nilson André Farias, que estava de folga, passava no local durante a confusão e tentou intervir. A mulher, que foi identificada como Lilian Martins da Silva, foi socorrida pelo próprio delegado e levada uma unidade hospitalar, onde faleceu.

Segundo a Polícia Civil, ao ver a confusão o delegado desceu do carro com a pistola na mão para separar a briga.

Enquanto imobilizava a outra mulher, o delegado foi surpreendido por Lilian, que tentou o desarmar quando a arma disparou acidentalmente. A polícia não informou o local onde a vítima foi atingida.

“Me identifiquei como policial e fui com a arma na mão para me prevenir. Ela veio para cima de mim quando o dedo dela esbarrou no gatilho”, contou o delegado. A vítima foi levada pelo próprio delegado para o hospital, mas morreu na unidade.

Segundo a Polícia Civil, Lilian responde a inquéritos policiais por ameaça e tentativa de homicídio. Todos envolvem relacionamentos amorosos. Um dos boletins foi registrado pela mulher do amante em janeiro deste ano.

O caso deve ser investigado pela Polícia Civil. A delegada Alessandrah Alecrim, responsável pelo caso, deve ouvir testemunhas ainda nesta segunda-feira.

G1/MT

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário