Mulher morta em vídeo não é a ex-bandeirinha Fernanda Colombo, diz assessor

Nos últimos dias, um vídeo de uma mulher loira sendo assassinada circulou pela internet e um áudio dizia que a pessoa morta seria a ex-bandeirinha Fernanda Colombo Uliana, famosa no futebol brasileiro pela sua beleza. A informação, no entanto, não é verdadeira.

Fabiano de Abreu, amigo e assessor de Fernanda Colombo , desmentiu em nota oficial. “Um jornalista me procurou ontem perguntando sobre isso, eu não havia recebido ainda a tal mala-direta de WhatsApp, recebi hoje e percebi o quanto isso realmente está repercutindo”, comentou Fabiano.

“Fernanda sempre foi alvo de falsas informações. Há pouco tempo recebi em alguns grupos que, infelizmente, me incluíam com fotos da “possível” Fernanda Colombo de biquíni. A mulher lembrava ela, mas passava longe de se parecer, nunca vi fotos da Fernanda de biquíni, ela nem é de tirar fotos”, disse o assessor.

Mais boatos

Fabiano de Abreu disse ainda que a moça do apito foi acusada de usar drogas, por isso havia sumido dos holofotes. “Essa foi a pior. Fernanda nunca usou drogas , ela é atleta, dedicada à alimentação e exercícios, nem cigarro coloca na boca. Agora é esse vídeo de uma mulher loira morta com áudios confirmando ser Fernanda. As pessoas precisam entender que isso é crime, passar adiante falsas informações é crime. O que acontece com o ser humano que sem certeza divulga algo e não pensa que pode estar prejudicando alguém de alguma forma?”, questionou.

“Falei com a Fernanda Colombo ontem (segunda-feira), ela está super bem, largou a arbitragem pois se aposentou, não é mais bandeirinha, está com outros projetos. Ela não quer falar com a imprensa, ela nunca ligou pra isso, ela sempre preferiu permanecer no anonimato, é um direito dela. Fernanda é um dos seres humanos mais nobres que conheci, acho que ela merece respeito”, finalizou Fabiano.

Mulher morta

Na verdade a mulher morta, cujas fotos e vídeos circulam por grupos de Whatsapp, é a assessora parlamentar Sandra Rafaela Jeferson Bastos, que foi morta com vários tiros na sexta-feira em Vila Velha (ES) quando saía de uma academia.

 

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta