Mulher recusa deixar cela após ser presa por danificar janela do aeroporto de Porto Velho

Mulher recusa deixar cela após ser presa por danificar janela do aeroporto de Porto Velho

Suspeita alega ser moradora de rua e diz que não tem para onde ir.
Mulher de 32 anos foi presa nesta terça-feira (14), em Porto Velho.

Uma mulher de 32 anos que foi presa por danificar uma janela do aeroporto de Porto Velho, nesta terça-feira (14), resistiu à soltura e preferiu não sair da cela, mesmo depois de ser liberada pelo delegado na Central de Polícia. Ao delegado, a suspeita disse que era moradora de rua, não tinha parentes na capital e com isso não tinha para onde ir.

A suspeita, segundo a Polícia Civil, foi presa na parte da manhã, nas imediações do Aeroporto Internacional Governador Jorge Teixeira, no Bairro Industrial.

Um funcionário do aeroporto narrou à polícia que a mulher começou a incitá-lo, quando estava na praça de alimentação do aeroporto. Logo depois ela o seguiu até o local onde ele tira serviço, na guarita do estacionamento. Enquanto caminhava, o homem teria sido ofendido com palavras de baixo calão. A mulher, então, pegou uma pedra e arremessou contra a janela de vidro da guarita, danificando-a.

Autuada em flagrante por danos ao patrimônio, na Central de Polícia, a mulher passou mais de dez horas na cela. Depois de ser ouvida pelo delegado ela foi liberada, mas se recusou a sair da cela.

Como a suspeita estava muito agitada e falando alto, os policiais plantonistas da Central acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para que a mulher fosse sedada e retirada da cela com segurança.

Fonte: g1.com

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Anterior «
Próximo »

Deixe uma resposta

Direto de Brasília