Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Mulher promove evento para pagar tratamento de câncer do noivo

0

Casal de Brasília descobriu a doença do homem de 34 anos uma semana após o noivado, já em estado avançado. Dinheiro arrecadado os ajudará a custear remédios, exames e o transporte do paciente para as sessões de quimioterapia

“Numa semana eu fico noiva e na outra descubro que posso perder o amor da minha vida”. Esta foi a frase usada pela brasiliense Josy Mendes, 29 anos, para definir os momentos de angústia que tem passado ao lado do noivo, Adriano Alves, 34. O instrutor de autoescola foi surpreendido com um diagnóstico de câncer em estágio de metástase uma semana após o noivado, que ocorreu há menos de dois meses. Na corrida contra o tempo, a jovem resolveu organizar uma galinhada beneficente para ajudar a pagar os custos com o tratamento.

O evento, segundo o jornal Correio Braziliense, será realizado em 7 de agosto, no Espaço de Funções Múltiplas de Planaltina (DF), a partir das 12h. Os ingressos, que custam R$ 10, dão direito ao almoço. Bingos, leilões e um bazar vão completar a programação. Nas redes sociais, amigos e conhecidos do casal se mobilizam para propagar o pedido de ajuda. A administração de Planaltina cedeu o espaço para o evento que terá apresentação de MPB promovido pela artista local Cida Avelar, que se sensibilizou com a causa.

  • Câncer no pâncreas mata ex-apresentador do Jornal da Globo

    Diagnóstico tardio
    Segundo Josy, a doença de Adriano teve início no testículo. Ela conta que em um acidente de moto, em 2015, ele sofreu um trauma na região e precisou fazer uma cirurgia. A jovem, que é enfermeira, afirma que nos exames realizados à época, em um hospital público da capital, já era possível constatar a presença de células cancerígenas. De acordo com ela, os resultados só ficaram prontos quando o paciente já havia inclusive recebido alta. “Nós não sabíamos. O câncer evoluiu porque ele passou um ano sem tratamento por falha de informação ou negligência da rede pública”, lamenta.

    Josy Mendes e Adriano Alves
    Josy Mendes e Adriano Alves

    Batalha diária
    O diagnóstico de metástase, que é quando o tumor se espalha para outros órgãos, só ocorreu este ano, após Adriano sentir fortes dores na região abdominal. De acordo com Josy, hoje a doença afeta testículos, estômago e pulmões dele. O tratamento de quimioterapia foi iniciado nessa segunda-feira (18/7) e ele continuará a fazê-lo por mais seis meses, no Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF). Desde que foi confirmado o câncer, em maio, ele passou um mês tomando fortes medicamentos para minimizar as dores até que chegasse o início do tratamento. “Quase todos os dias estávamos no hospital e em clínicas para fazer exames e consultas com especialistas para ter certeza de que o câncer não tinha espalhado para outras áreas”, conta.

  • E-mails revelam negociações de Gim Argello sobre pílula do câncer

    Os médicos responsáveis pelo tratamento afirmam que, mesmo em estágio avançado, o paciente tem possibilidade de reagir bem aos tratamentos quimioterápicos, o que renovou as esperanças dos dois. “Agora estou mais tranquila, pois a fase do choque já passou. Procuro ser positiva para que ele mantenha a esperança e se sinta motivado. Sei que ele finge que está tudo bem, mas consigo sentir o medo que ele transparece no olhar”, diz.

    Embora a quimioterapia seja feita em uma unidade de saúde pública, Adriano e Josy precisam de ajuda para pagar os medicamentos, exames clínicos e custear o transporte para levar o brasiliense de Planaltina para o centro da capital.

    Solidariedade
    O Ginásio de Funções Múltiplas, onde será feita a galinhada, fica próximo à rodoviária de Planaltina. Quem tiver interesse em comprar o ingresso para o evento ou ajudar o casal com as despesas do tratamento basta entrar em contato pelos telefones (61) 98465-2163 ou 99999-4061.

Quem contou essa história foi o Correio Braziliense

Comentários
Carregando