Músico é morto em tentativa de assalto na Baixada Fluminense

Carlos ainda foi levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas não resistiu ao ferimento

O músico Carlos Gustavo Silva Garcia, de 34 anos, morreu após ser baleado na cabeça durante uma tentativa de assalto, neste domingo, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Segundo a Polícia Militar, ele voltava de um show e, quando passava pela Rodovia Presidente Dutra, foi rendido por bandidos.

Carlos teria reagido. Um dos criminosos abriu fogo contra o carro dele. O músico teria tentado proteger a namorada, que estava no banco do carona, e foi atingido quando estava debruçado sobre ela.

Carlos ainda foi levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas não resistiu ao ferimento. Segundo nota da assessoria de imprensa da unidade, ele “chegou à unidade em estado gravíssimo. Foi prontamente atendido e passou por cirurgia, entretanto, não resistiu e morreu”.

Em seu perfil no Facebook, o filho do músico deixou uma emocionada mensagem de despedida:

“Esse homem é meu guerreiro, meu amigo, meu tudo. Meu pai, você, como todos sabem, você para mim é o melhor pai de todos e sempre vai ser. Não tenho medo de falar que eu sempre vou te amar. Sim, você foi embora (…) você está no meu coração e no coração de todos.Te Amo Carlos Gustavo Garcia”.

O caso foi incialmente registrado na 52ª DP (Nova Iguaçu) e, nesta terça-feira, será transferido para a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário