Na Bahia: Após surto, mulher atira em marido e mantém bebê de 3 meses refém

Uma mulher, de prenome Lidiane, atirou no marido e manteve o bebê como refém, na manhã desta esta sexta-feira, 6, no bairro de Jardim Cruzeiro, na região da Cidade Baixa de Salvador. Informações iniciais apontam que ela teve um surto quando cometeu o crime.

A situação aconteceu por volta das 8h, quando o marido da suspeita chegou do trabalho e foi dormir. Quando o marido acordou, foi surpreendido por Lidiane, que estava com a arma dele em punho, que é policial, e disparou contra ele. Logo após, ele conseguiu fugir. Em seguida, Lidiane pegou o filho, de apenas 3 meses, e o manteve refém.

Depois da insistência da família e a presença de agentes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), que se encontram no local, ela entregou a criança, mas continua armada e atirando contra familiares. Os policias ainda estão tentando negociar a entrega da arma e o rendimento de Lidiane, que ainda ameaça se matar.

A Tarde

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta