Naldo agrediu a mulher com garrafa e a ameaçou de morte, diz MP

Naldo Benny agrediu a mulher, Ellen Cardoso, conhecida como Mulher Moranguinho, com uma garrafa e a ameaçou de morte no último sábado, diz a denúncia do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) contra o cantor. “No dia dos fatos, o denunciado após pegar o telefone da vítima, iniciou uma discussão, xingando-a e a agredindo com socos, tapas, puxões de cabelo e com um golpe dado com uma garrafa. Não satisfeito, o denunciado ameaçou a vítima de morte (vou te matar)”, diz o documento assinado pelo promotor Alexandre Murilo Graça.

Após a agressão, Ellen foi à Delegacia Especial de Atendimento (Deam) à Mulher de Jacarepaguá para registrar o caso. Na quarta-feira, Naldo foi preso em flagrante quando a polícia encontrou uma pistola calibre 7,65 e quatro munições em sua casa no Rio de Janeiro. O cantor foi liberado no mesmo dia após pagamento de fiança e será investigado pelos crimes de lesão corporal, ameaça e injúria. Naldo e Moranguinho se casaram em 2013 e têm uma filha de 3 anos juntos.

Depois de deixar a prisão, por meio de sua assessoria de imprensa, Naldo divulgou um áudio e alguns vídeos em que pede perdão a Ellen e afirma estar arrependido e procurando tratamento. Por causa da agressão, a Prefeitura do Rio de Janeiro cancelou o show que o cantor faria no Réveillon de Copacabana.

Veja

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário