Não tem futuro’: cofundador da Bitcoin.com vende todos seus bitcoins

O cofundador da empresa Bitcoin.com, Emil Oldenburg, declarou que o bitcoin não tem perspectivas como uma moeda comercial.

“Eu diria que os investimentos em bitcoin agora são os mais arriscados que vocês podem fazer […] Logo que as pessoas percebam como ele funciona, começarão vendê-lo”, disse Oldenburg citado pelo portal Business Insider.

Segundo Oldenburg, os problemas principais do bitcoin são as altas comissões e a redução da velocidade de processamento das transações.

Ele sublinhou que essa velocidade é limitada pelo “tamanho do bloco” – a memória que guarda registros de transações em blockchain. Por isso, essa criptomoeda é ilíquida e os investimentos nela são muito arriscados.

'Não tem futuro': cofundador da Bitcoin.com vende todos seus bitcoins
‘Não tem futuro’: cofundador da Bitcoin.com vende todos seus bitcoins

O investidor vendeu todos os seus bitcoins e optou por outra criptomoeda, Bitcoin Cash.

Segundo alguns relatos, a comissão de transações em bitcoin se duplica a cada três meses. A confirmação de uma transferência leva em média 4,5 horas.

A empresa Bitcoin.com controla um dos maiores sites da indústria e presta os instrumentos para investimentos na criptomoeda. No site são registrados mais de 500 mil carteiras para bitcoin.

Na semana passada, o bitcoin bateu mais um recorde – seu valor chegou a 20 mil dólares (R$ 66 mil). Durante 2017, o preço da criptomoeda aumentou mais de 20 vezes.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário