Negociações para acordo de paz na Síria começarão no dia 23

Turquia e Rússia farão pré-reunião em Ancara sobre o assunto.

As negociações de paz entre o governo de Bashar al-Assad e os grupos rebeldes sírios começarão no dia 23 de janeiro em Astana, no Cazaquistão, disse o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

A entrevista do chanceler foi dada à agência oficial de notícias de seu país, Anadolu, citada pela russa Tass nesta quarta-feira (4). Rússia e Turquia, ao lado do Irã, foram os principais negociadores do acordo para cessar-fogo assinado entre os dois lados do conflito sírio e que entrou em vigor no último dia 30 de dezembro.

Cavusoglu destacou que, antes do acordo de todos os representantes, será realizada uma espécie de pré-reunião entre russos e turcos nos dias 9 e 10 de janeiro.

Ao ser questionado sobre as acusações de grupos rebeldes de que o regime de Assad não estaria respeitando a trégua nos ataques, o ministro turco se mostrou preocupado e destacou que “se nós não formos capazes de para as violações do cessar-fogo, o encontro de Astana fracassará”.

Ontem (3), representantes dos rebeldes informaram que “congelariam” as conversas de paz em Astana porque as “violações” dos grupos pró-Assad estariam “ameaçando a vida de centenas de milhares de pessoas”.

Mergulhada em uma guerra civil há quase seis anos, a Síria tenta um acordo diplomático para por fim ao conflito – que já matou centenas de milhares de pessoas e obrigou mais de seis milhões a saírem de suas casa.

News Reporter

Deixe uma resposta