No TRT, presidente da Caerd diz que empresa “está falida desde 2014”, mas em 2015 ela disse outra coisa

A presidente da Caerd Iacira Azamor, após ter sido informada que seria “conduzida sob Vara”, caso continuasse faltando as audiências, resolveu dar o “ar da graça” nesta terça-feira e disse à juíza que não paga os salários em atraso (três meses) porque “a empresa está falida desde 2014”.

Ocorre que em 2015, um ano após esse “diagnóstico”, em audiência na Assembleia Legislativa, ela contou outra história aos deputados. “Saímos de uma arrecadação mensal de cerca de R$ 8 milhões para R$ 12,5 milhões. Aos poucos, estamos reestruturando a empresa e mostrando que ela é viável”, explicou Iacira ao deputados.

E prosseguiu, “segundo os números, a Caerd hoje consegue pagar suas contas em dia, além de quitar débitos anteriores”.

Na época, noticiamos essa audiência, confira AQUI

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário