Eu não sei direto onde vi isso, mas acho que quando uma pessoa assume um cargo público ela, ou seus parentes, não podem manter contratos com a administração pública. Se não vi, acho que sonhei. Mas, se for um sonho a realidade, ao menos em Rondônia, é bem diferente. A empresa Lumiar Consultoria e Administração LTDA então, passa longe dessa regra. Ela tem como sócia a esposa do atual secretário-chefe da Casa Civil, Emerson Castro e mantém contratos por onde ele passou, desde que entrou para a vida pública.

Quando era vice de Roberto Sobrinho

A empresa mantinha contratos com as usinas, mas essa culpa Castro não carrega, digamos, sozinho. Roberto fez o mesmo, só que com mais “transparência”. Após ter sido flagrado e denunciado por mim e Paulo Andreoli, o então prefeito assumiu ser proprietário de empresa que prestava serviços as usinas. Como descobrimos posteriormente graças a Lava-Jato, percebe-se que as gigantes do setor de construção civil gostam de “ajudar” políticos no cargo.

Na secretaria de Ação Social

Em outubro e novembro de 2014 a Lumiar recebeu da Secretaria de Assistência Social do governo, pouco mais de R$ 43 mil para “oportunizar para a juventude uma transição saudável e produtiva”, o que exatamente isso quer dizer, ninguém sabe. Já nos meses anteriores, março, abril, junho e agosto a secretaria de saúde do Estado pagou cerca de R$ 290 mil para a mesma empresa, sob a rúbrica “administração geral”.

Na secretaria de Desenvolvimento

A empresa é tão, digamos, diversificada, que em 2013 ela foi contratada pela SEDES para o fornecimento de alimentação (almoço, jantar, café da manhã, coffee-break e lanches). Na época em que a Lumiar foi contratada pela SEDES, Emerson respondia pela pasta e ele foi quem assinou o contrato Nº 092/PGE-2013, publicado na página 8 do Diário Oficial do Estado, do dia 15 de agosto de 2013. Mas claro, tudo isso dentro da mais completa legalidade.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

1 thought on “NOTA – Contratos da Lumiar acompanham cargos de Emerson Castro

  1. O problema é que ninguém entendem e fazem refência vaga ou indireta – Ver que o Emerson Castro é um poço de seriedade segundo as notas editadas anteriormente ao cargo de vice do sobrinho mas como a medalha não foi a leilão, agora portanto, ele é a bola da vez! kkkkk

Deixe uma resposta