Nota de Esclarecimento

O Ministério Público do Estado de Rondônia vem a público esclarecer que a Instituição integra o Projeto de Resgate Social dos Apenados de Rondônia (Ressoar), coordenado pelo Tribunal de Justiça de Rondônia, e, em nenhuma hipótese é cobrada por este órgão ministerial qualquer espécie de pagamento como forma de garantir a liberdade de qualquer reeducando ou para qualquer outra finalidade.

O esclarecimento se faz necessário em razão de denúncia formulada na Promotoria de Justiça de Costa Marques de que uma pessoa, identificando-se como Promotor de Justiça Francisco Márcio Martins, manteve contato telefônico com familiares de presos recolhidos na cadeia pública local, cobrando um depósito de R$ 1.500,00 para soltura deles durante a execução do Projeto Ressoar naquele município, ocorrido no período de 9 a 13 de setembro de 2013.
O Ministério Público do Estado de Rondônia esclarece que não existe nenhum membro da Instituição de nome Francisco Márcio Martins e orienta que em qualquer contato telefônico dessa natureza deve-se procurar a Delegacia de Polícia local a fim de registrar a devida Ocorrência Policial.

Fonte: MP

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Anterior «
Próximo »

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

  • twitter
  • googleplus

Deixe uma resposta

Direto de Brasília