Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Número de travestis mortos no Ceará em 2017 já é o dobro do ano passado

Estado registrou 12 casos nos dez primeiros meses de 2017 contra cinco em 2016

0
O número de travestis mortos neste ano no Ceará já é mais que o dobro do registrado em 2016. Já são 12 casos em dez meses em 2017 contra cinco no ano passado. O caso mais recente aconteceu em Sobral, a 240 quilômetros de Fortaleza.
Na madrugada desta terça-feira, 24, a travesti identificada como Luís Vasconcelos, de 37 anos, foi encontrada morta às margens da BR-222, nas proximidades de um posto de combustíveis, em Sobral. Segundo a Polícia, Vasconcelos foi morta por um grave ferimento na cabeça. A Polícia busca o autor do crime, que ainda não foi localizado.

Em fevereiro deste ano, a morte da travesti Dandara dos Santos, de 42 anos, repercutiu em todo o País. Ela foi encontrada morta na periferia de Fortaleza, após ter sido espancada. Imagens do momento do crime foram publicadas pelos criminosos na internet, o que facilitou a identificação dos agressores.  A Polícia que prendeu sete acusados de participar da ação.

Segundo o advogado da família de Dandara, o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil-secção Ceará (OAB-CE), Hélio Leitão, “o crime de transfobia não existe no Brasil, mas a torpeza reside no sentimento transfóbico e a futilidade na banalização da vida”. Para Leitão, “caso essas motivações sejam aceitas pela Justiça Cearense, teremos um caso emblemático no Brasil”. O advogado destaca “que isso reforça para a sociedade o respeito e a valorização da diferença”. Os presos aguardam julgamento.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Comentários
Carregando