Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

O chefe da quadrilha será preso? – por Célio Pezza

0

O pai de Marcelo Odebrecht já disse certa vez que “se prenderem meu filho, terão que arrumar mais três celas: uma para mim, outra para o Lula e outra para a Dilma”. A Odebrecht já se comprometeu a entregar provas para a investigação de Lula e suas palestras milionárias e financiamentos ilegais para as campanhas de Dilma, através de delações premiadas. A secretária Maria Lúcia Guimarães, presa em fevereiro, revelou que a empreiteira mantinha um Departamento de Propinas, onde eram organizados os pagamentos para esquemas de corrupção para políticos e funcionários públicos. Delcídio do Amaral, ex-líder do PT, disse que Lula e Dilma sabiam de toda a corrupção da Petrobras e, juntos, tramaram para sabotar as investigações.

Foi Delcídio quem disse: “O Lula comandava o esquema e a Dilma fingia que não sabia de nada”. A Odebrecht pagou mais de R$ 4 milhões por palestras à Lula, com fortes indícios de que seja dinheiro de propinas.  Existem várias frentes de investigações sobre Lula, mas a principal é de que ele era o chefe da quadrilha que desviou milhões de dólares da Petrobras.

No recente pedido ao STF para transferir as denúncias contra Lula para o juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, disse: “Essa organização criminosa jamais poderia ter funcionado por tantos anos e de uma forma tão ampla e agressiva no âmbito do governo federal, sem que o ex-presidente Lula dela participasse”. As investigações avançam e o papel de Lula na organização criminosa do Petrolão deverá ser conduzida por Sérgio Moro, que é a grande esperança dos brasileiros de bons costumes.

Esses anos de governo Lula e Dilma foram um verdadeiro doutorado na arte de destruir um país e mostraram a face podre dos regimes populistas, que sempre procuram dividir o povo entre dois segmentos e promover a luta entre eles: o povo contra as elites, o empregado contra o empregador, e por aí vai. Graças aos marqueteiros Duda Mendonça e João Santana, criaram a imagem do redentor dos pobres, que agora está na mira da Lava-Jato e, se tudo for comprovado, Lula poderá ir para a cadeia.

A cada dia aparecem mais delações, mais evidências contra essa quadrilha e é só uma questão de tempo. Cadeia para os corruptos, não interessa de quais partidos sejam, mas, principalmente, cadeia para os chefes, para aqueles que montaram o maior esquema de corrupção do mundo. Nessa hora, não adiantará alegar que não sabiam de nada.

*Célio Pezza é colunista, escritor e autor de diversos livros, entre eles: As Sete Portas, Ariane, A Palavra Perdida e o seu mais recente A Tumba do Apóstolo. Saiba mais em www.facebook.com/celio.pezza

— — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — —

Sobre Célio Pezza

O escritor Célio Pezza, 64 anos, iniciou a carreira de escritor em 1999, movido pela vontade de levar as pessoas a repensarem o modelo de vida atual dos seres humanos. Seus livros misturam realidade e suspense, e Celio já tem 8 livros publicados, inclusive no exterior, e é colunista colaborador de dezenas de jornais e revistas por todo o país.

Comentários
Carregando