O que fazem nossos senadores enquanto o país atravessa grave crise?

[su_frame align=”right”] [/su_frame]O Brasil vem passando por uma crise econômica, política e ética sem precedentes em sua história, mas isso parece não ter muita relevância para os senadores de Rondônia. Nas atividades parlamentares de Valdir Raupp (PMDB), Acir Gurgacz (PDT) e Ivo Cassol (PP), percebe-se atuações em outras áreas, como aprovações de indicações para cargos diplomáticos, e até para ministros do Tribunal de Contas da União, onde os três respondem processos.

Também não dá para perceber de que forma eles estão conduzindo as discussões sobre a reforma política e questões envolvendo greve de caminhoneiros e melhorias para Rondônia, já que a principal pauta de interesses do trio diz respeito a destinação de emendas para prefeituras, que dá retorno político, é uma obrigação, mas eles fazem parecer um grande favor.

Acir, Raupp e Cassol integram a bancada de apoio da presidente Dilma no Congresso, e em caso de uma possível discussão sobre impeachment, é dado como certo o apoio do trio.

Cassol pode perder o mandato a qualquer momento, basta o Supremo Tribunal Federal publicar o acórdão de sua sentença e Raupp tem diversos processos tramitando na mesma Corte que também podem lhe render uma enorme dor de cabeça. Recentemente o senador Acir Gurgacz passou a condição de réu também no Supremo por uma série de crimes.

Sobre a cabeça de Raupp paira ainda o escândalo da Operação Lava-Jato, que pode envolver seu nome em maracutaias na Petrobrás. O nome do senador já apareceu em depoimentos e documentos.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta