OGX não paga US$ 45 milhões a investidores

In Economia
Ex-bilionário, Eike apostava em pasta de dentes antes de ser alvo da PF
Espalhe essa informação

A petroleira OGX, de Eike Batista, comunicou ao mercado na manhã desta terça-feira (1º) que não vai pagar cerca de US$ 45 milhões em juros remuneratórios que vencem hoje a detentores de bônus, seus credores.

 

Em fato relevante disponível na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a OGX informa que “a companhia possui 30 dias para adotar as medidas necessárias sem que seja caracterizado o vencimento antecipado da dívida”.
A petroleira deve usar o período de carência de 30 dias para concluir as negociações de reestruturação da dívida com os detentores de bônus. Se não chegar a uma solução, a empresa poderá ter de pedir recuperação judicial.
A derrocada da OGX, que já foi considerada o ativo mais precioso do grupo de empresas de Eike, ganhou força após sucessivas frustrações com o nível de produção da petroleira. No início de julho, a companhia decidiu não seguir adiante com o desenvolvimento de algumas áreas na bacia de Campos antes consideradas promissoras.
eikeCom pouco dinheiro disponível e fracasso em sua campanha exploratória até o momento, em agosto a OGX desistiu de adquirir nove dos 13 blocos que arrematou na última licitação de áreas de petróleo, evitando o pagamento de 280 milhões de reais ao governo por direitos exploratórios.
A OGX espera completar a venda de uma fatia em blocos de petróleo que possui para a malaia Petronas, para conseguir um alívio no caixa.
A Petronas, porém, aguarda a conclusão da reestruturação da dívida da OGX para dar prosseguimento ao negócio de US$ 850 milhões com a petroleira brasileira.
No total, apenas em bônus no mercado internacional a OGX tem dívida de US$ 3,6 bilhões.
Veja a íntegra do comunicado:
A OGX Petróleo e Gás Participações S.A. comunica ao mercado que conforme já informado em oportunidades anteriores, a Companhia encontra-se em processo de revisão de sua estrutura de capital relacionada, por sua vez, à revisão do seu plano de negócios. Em virtude desse fato, a Companhia optou pelo não pagamento das parcelas referentes aos juros remuneratórios, no valor aproximado de US$ 45 milhões, decorrentes das Senior Notes emitidas pela OGX Austria GmbH (“OGX Austria”), controlada da Companhia, as quais venceriam na data de hoje.
A Companhia contratou como assessores o banco de investimentos LAZARD e o BLACKSTONE para coordenar as discussões com os diversos stakeholders envolvidos no processo, dentre eles, os detentores das Senior Notes emitidas pela OGX Austria.
A Companhia informa, ainda, que pelas cláusulas que regem a referida emissão, a Companhia possui 30 dias para adotar as medidas necessárias sem que seja caracterizado o vencimento antecipado da dívida.

 

Fonte: G1

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!

You may also read!

Goleiro Bruno se entrega à polícia antes de receber voz de prisão

Goleiro Bruno se entrega à polícia antes de receber voz de prisão

Espalhe essa informação Como a delegacia ainda não havia sido informada da decisão do STF, o jogador do Boa

Read More...
Pai leva interno foragido de volta para Fundação Casa de Ferraz, em SP

Pai leva interno foragido de volta para Fundação Casa de Ferraz, em SP

Espalhe essa informação De acordo com a fundação, 17 internos fugiram no último domingo (23); dois voltaram para a

Read More...
Travesti morre em São Carlos, SP, após complicações devido ao uso de silicone

Travesti morre em São Carlos, SP, após complicações devido ao uso de silicone

Espalhe essa informação Veronica Rios tinha 35 anos estava internada há 12 dias na UTI da Santa Casa. Ela

Read More...

Deixe uma resposta

Mobile Sliding Menu