Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Operação Baco tem novas buscas e apreensões

0

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça de Ouro Preto do Oeste e com o apoio das Polícias Civil e Militar, cumpriu na última sexta-feira (16) mandados de busca e apreensão em dois escritórios de contabilidade, uma empresa de produção de eventos e na Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Pais e Filhos (OSCIP), como parte da terceira fase de investigações da Operação Baco.

Deflagrada em fevereiro deste ano, a operação apura desvio de verbas públicas, por meio da realização de festividades promovidas pela empresa Rede Multimídia de Jornalismo, atual Rede Global, em vários municípios, especialmente o de Ouro Preto. As autoridades suspeitam que, para concretizar o esquema criminoso, os envolvidos teriam praticado crimes como direcionamento e fraude em processos licitatórios, falsidade ideológica e formação de quadrilha, entre outros.

De acordo com o Ministério Público, o objetivo das buscas realizadas na última sexta-feira foi obter informações sobre a movimentação contábil das empresas e de seus proprietários, a fim de confrontar com demais dados já colhidos.

São vários os eventos em que o MP apura a prática de irregularidades. No Réveillon Luz – 2013, por exemplo, há indícios de que tenha ocorrido direcionamento de licitação em favor da empresa Rede Multimídia de Jornalismo atual Rede Global de Produções, que pertence de fato a Rodrigo Mota de Jesus, vulgo Guerreiro, mas que, entretanto, está em nome de laranjas.

De acordo com o Ministério Público, para o evento, a Rede Global Produções teria arquitetado uma pseudo licitação com a Organização Pais e Filhos de Ouro Preto (OSCIP), por intermédio de quem recebeu a quantia de R$ 300 mil. Deste valor, R$ 80 mil teriam sido repassados à empresa Gabi Multisom. No entanto, é sabido que quem de fato prestou o serviço de montagem de som foi a empresa Lopes e Silva, situada em Ouro Preto, que, por sua vez, alega não ter recebido tais valores.

Assim, foram realizadas buscas na Assessoria Contábil LTDA (Exata Contábil), Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Pais e Filhos, ambas em Ouro Preto, Gabi Multisom e Escritório Real Contábil, responsável pela contabilidade da Gabi Multisom, ambos em Ariquemes.

Instituições

Os mandados de busca foram realizados pelo MP, com o apoio do Centro de Atividades Extrajudiciais (CAEX) e Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), além da Polícia Civil de Ouro Preto, Alvorada do Oeste e Ariquemes, bem como da Polícia Militar de Outro Preto.

Comentários
Carregando