fbpx
Operação da PF e CGU investiga desvio de merenda escolar no Pará

A Polícia Federal e a Controladoria Geral da União (CGU) realizam nesta quinta-feira (9) a operação “Concorrência Zero” para investigar fraudes em processos licitatórios envolvendo a merenda escolar ocorridos entre os anos de 2015 e 2016 no município de Castanhal, nordeste do Pará. A operação cumpre cinco mandados de busca e apreensão e conta com a participação de cinco auditores da CGU e 45 policiais federais.

As investigações apontam irregularidades na contratação de associação pela prefeitura para o fornecimento de itens de agricultura familiar às escolas do município. A CGU constatou que a entidade era composta por membros fantasma, os quais não residem em Castanhal ou não apresentam ocupações relacionadas à atividade rural.

De acordo com a CGU, as atas de assembleias da associação trazem indícios de terem sido forjadas. Há suspeita de ligação com um político da região.

Nos últimos quatro anos, a entidade foi beneficiada com contratos na ordem de R$ 8 milhões, celebrados com diversas prefeituras paraenses. Os recursos desviados são oriundos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta