fbpx
Operação Zagan da PF prende advogado e empresários

A Operação Zagan deflagrada pela Polícia Federal nesta quarta-feira está cumprindo 32 mandados de busca e apreensão em residências e estabelecimentos comerciais por toda a cidade. Cumprem também 23 mandados de prisão temporária e 12 mandados de prisão preventiva.

Foram confirmadas até o momento a prisão de Mário Neto (filho do ex-senador Mário Calixto), Felipe Conesuque Gurgel (advogado), Mário André (que deve se apresentar nas próximas horas), e Marcelo Calixto (que havia sido preso na Operação Pretório, que investigou os precatórios do TRT de Rondônia). A empresa Porto Velho Telecom pertence a Marcelo.

Também foram expedidos mandados de busca para diversas empresas que atuaram no esquema, entre elas a loja de suplemento Natuvida, localizada na Avenida Campos Sales com a Rua Almirante Barroso, centro da Capital.

Informações desencontradas falavam sobre a fraude nos precatórios do TRT, mas a PF não confirmou, informando apenas que trata-se de falsificação de cédulas.

 

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta