Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Óticas exercem medicina ilegal e cegam pacientes afima CREMERO

0

A optometria não médica, atividade praticada por proprietários de óticas sem conhecimento aprofundado da medicina ocular, será alvo de uma denúncia no Ministério Público de Rondônia, informou o presidente em exercício do Conselho Regional de Medicina (Cremero), Cleiton Bach. Há pelo menos seis empresas listadas na denúncia que chegará à Promotoria de Saúde, sendo que uma delas tem matriz na Rua Amazonas e pertence a um casal que mora em Porto Velho. Outras lojas, de acordo com o Cremero, estão localizadas na Rua José Amador dos Reis.

O levantamentos do Conselho também indica a prática ilegal de venda casada de receita e condicionam a confecção dos óculos na mesma empresa, que também funciona ilegalmente como consultório.

O Cremero lembra que a optometria não é profissão regulamentada no Brasil e os nomes que serão levados para apuração de exercício ilegal da medicina ao MPE não aparecem como acadêmicos das três únicas universidades que oferecem esse tipo de conhecimento: Brascuba, no Rio de Janeiro; Vale do Contestado, em Santa Catarina; e Ulbra, no Rio Grande do Sul.

Comentários
Carregando