fbpx
Padilha vai depor como testemunha de defesa de Geddel

Ministro será ouvido no dia 6 de fevereiro, na Justiça Federal de Brasília

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, foi arrolado como testemunha de defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima, no processo em que ele é acusado de obstrução de justiça, por tentar atrapalhar a delação de Lúcio Funaro, apontado como operador de propinas do PMDB.

O depoimento ocorrerá no próximo dia 6, por determinação do juiz federal Vallisney de Oliveira, em Brasília. Segundo o magistrado informou, Padilha foi intimado a dizer hora e dia de sua oitiva, como está previsto no Código de Processo Penal, mas não respondeu à solicitação judicial dentro do prazo.

Por isso, seguindo entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), a Justiça pode marcar o depoimento para a data e horário que avaliar como mais adequados.

Conforme o portal G1, a defesa de Padilha se pronunciou, em nota, e disse que não comenta o caso “fora dos autos, em respeito institucional ao Poder Judiciário”.

Geddel está preso, na penitenciária da Papuda, no Distrito Federal.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta