Padre Zenildo deixou R$ 1,4 milhão de herança para Igreja Católica

O padre Zenildo Gomes, responsável pela formação de várias gerações de professores, tendo inclusive atuado em cursos a nível de pós-graduação e, mesmo com idade avançada, ainda continuava na ativa, deixou uma pequena fortuna estimada em cerca de R$ 1,4 milhão em precatórios do Sintero.

Ele morreu aos 74 anos em janeiro após ficar internado vários dias. Como não tinha herdeiros, a igreja Católica vai receber.

O caso do padre, é apenas um, entre as dezenas de beneficiários dos precatórios do Sintero que morreu rico, mas sem dinheiro no bolso.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

3 thoughts on “Padre Zenildo deixou R$ 1,4 milhão de herança para Igreja Católica

  1. Hoje um ano após sua morte, fica aqui uma pergunta como será o sono de certas pessoas que usaram e abusaram da bondade do Padre Zenildo, usufruindo o que não lhes pertence pois não fora adquirido com seu labor e sim pelo suor de uma pessoal honesta e trabalhadora que teve sua vida voltada ao que erra certo e justo, sem lograr a ninguém.

  2. e que nós família estamos fazendo levantamento de tudo e buscando via justiça o que lhe é de direito para que possamos quitar todas as dividas em seu nome e acionar a justiça as responsabilidades, pois até então muitas situações que estavam escondidas já foram aclaradas e diante disto somente nos resta a cobrança via judicial.

  3. Infelizmente está noticia não procede uma vez que ele fora roubado em vida por pessoas que o mesmo confiou, e lhe digo que o mesmo encontra-se com dividas e pessoas de má fé apossadas de seus bens

Participe do debate. Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: