fbpx
Pais abandonam criança em shopping; Polícia investiga

O casal deixou o menino de dois anos sozinho no local. O caso é investigado pela polícia como abandono de incapaz

Um casal abandonou uma criança de dois anos no Shopping Rio Sul, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro. É o que mostram as imagens das câmeras de segurança do local, que foram divulgadas nesta segunda-feira (18/04). A polícia investiga o caso.

Na filmagem é possível ver um homem, que diz ser o pai da criança, com o garoto no colo. Ao perceber que a mulher que estava com ele para entre as portas automáticas do shopping, ele deixa o filho no chão e sai andando, sem olhar para trás. A mulher, que a polícia acredita ser a mãe, também vai embora, no sentido oposto. O menino fica sozinho.

Sem ter noção do abandono, ele brinca e anda sem rumo. Ao observar o garoto desacompanhado, um rapaz chama o segurança do shopping.

Do local, o pequeno foi encaminhado para a delegacia, para o Conselho Tutelar e, por fim, para um abrigo onde está vivendo.

Pai se apresenta a polícia
Dizendo ser o pai, o homem que aparece nas imagens se apresentou a polícia. Ele alega trabalhar como garçom em um dos restaurantes do shopping. Em depoimento, ele disse que quem abandonou a criança foi a mãe após uma discussão entre o casal.

“Ele alegou que teria discutido com a mãe da criança e saído para trabalhar. Na convicção dele, a criança teria ficado com a mãe, que na hora que ele saiu, não teria olhado para trás e não teria como saber que a criança teria ficado sozinha”, afirmou a delegada Bárbara Lomba, delegada titular da 10ª DP (Botafogo).

O caso está sendo investigado como abandono de incapaz. A pena para o crime varia de seis meses a três anos de prisão.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta