País perde R$75 BI com violência no trânsito em seis meses

Brasil perdeu o equivalente a R$ 74,85 bilhões.

Além do prejuízo inestimável causado aos familiares dos envolvidos em acidentes graves de trânsito, financeiramente o Brasil perdeu o equivalente a R$ 74,85 bilhões em razão desse problema somente no primeiro semestre de 2016. Segundo um levantamento feito pelo Centro de Pesquisa e Economia do Seguro, foram 15.470 casos de invalidez permanente e 21.496 mortes por causa de colisões e atropelamentos, no período.

Os números são baseados em estatísticas do DPVAT (seguro obrigatório). Embora ainda sejam bastante alarmantes, houve redução nos números na comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo o Centro de Pesquisa, no primeiro semestre de 2015 foram registrados 27.224 casos de invalidez permanente e 22.395 mortes, que geraram um prejuízo de R$ 100,47 bilhões.

Vale lembrar que, embora os acidentes causem impactos financeiros aos órgãos públicos, a perda de uma vida tem valor inestimável e jamais atingirá números aceitáveis, como tenta mostrar uma campanha da Towards Zero, lançada no ano passado.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário