Paralisação em Santo Antônio: trabalhadores reivindicam reajuste salarial

A informação é do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sticcero). Não há previsão de retorno aos trabalhos

Após assembléia geral realizada no Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sticcero), a categoria resolveu não aceitar a proposta do consórcio responsável pela usina de Santo Antônio, no Rio Madeira em Rondônia, e paralisou as atividades a partir desta quarta-feira (22).

A informação é da própria entidade sindical.

Segundo o sindicalista presidente Raimundo Toco, os trabalhadores reivindicam reajuste salarial e cesta básica. O canteiro todo está parado até que haja definição da situação.

O sindicato também informou que, ao menos por enquanto, não haverá nenhuma manifestação trabalhista nas dependências do empreendimento.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta