Passageiros poderão ter indenização automática por atraso em voo

Valor, que depende do tempo de atraso, deve ser pago pelas companhias aéreas em até 30 dias

O projeto de lei (PLS 101/2015) do senador Reguffe (sem partido-DF) garante aos passageiros aéreos indenização automática em casos de atrasos de voo.

O valor, que depende do tempo de atraso, deve ser pago pelas companhias aéreas em até 30 dias.

Em casos de falta de condições meteorológicas para decolagem, o passageiro não tem direito a indenização. O texto já foi aprovado na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA), e agora aguarda a escolha do relator na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Detalhes na reportagem de Iara Farias Borges, da Rádio Senado. Ouça abaixo:

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta