Paulo Henrique Amorim é condenado por associar ministro ao nazismo

A decisão contra o apresentador cabe recurso

O apresentador da Record, Paulo Henrique Amorim foi condenado a pagar indenização de R$ 40 mil ao ministro Gilmar Mendes, do STF, por publicar em um site fotomontagem em que o magistrado aparece vestido como membro do exército nazista.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal ‘Folha de S. Paulo’, depois de notificado, o jornalista voltou a divulgar charge em que “procurou transmitir a ideia de que ele [Mendes] seria portador de alguma forma de demência”, segundo a sentença.

Por outro lado, em sua defesa, Amorim diz que as publicações caracterizavam-se como livre expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, prevista constitucionalmente.

Ainda segundo a colunista, o juiz Leandro Borges de Figueiredo, da 8ª Vara Cível de Brasília, no entanto, reconheceu o dano moral e determinou o pagamento da indenização. A decisão cabe recurso.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta