Pedidos de vista adiam julgamento de Ivo Cassol no STF. De novo

O senador Ivo Cassol, ao que tudo indica, deverá concluir seu mandato sem dificuldades. Pela sétima vez o Supremo Tribunal Federal adiou o julgamento dos embargos de declaração, com pedido de efeitos infringentes, contra acórdão que, à unanimidade, não conheceu dos embargos declaratórios opostos nos autos da ação penal, nos quais se buscava a apreciação de questões incidentais de prejudicialidade.

Cassol alega, em síntese, que merecem apreciação as questões suscitadas, pois o acórdão primeiramente embargado teria considerado processos licitatórios que não foram inseridos na peça acusatória, influenciando na dosimetria da pena. Ele foi condenado a 4 anos e 8 meses de prisão, mais pagamento de multa.

O ministro Dias “O distraído” Toffoli, pediu vistas ao processo, alegando “precisar de tempo para se inteirar” dos fatos. A ministra Cármen Lúcia finalmente conseguiu ler seu relatório. Mas essa novela vai longe. Capaz de Cassol aposentar e o STF não conseguir julgar essa ação.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta