‘Perdi um amigo’, diz Temer sobre morte do jornalista Jorge Moreno

O presidente Michel Temer lamentou a morte do jornalista Jorge Bastos Moreno, colunista do GLOBO. Em nota nesta quarta-feira, o peemedebista disse que perdeu um amigo, e o jornalismo brasileiro, uma das maiores referências. Moreno morreu à 1h desta quarta-feira, no Rio, aos 63 anos, de edema agudo de pulmão decorrente de complicações cardiovasculares.

Temer destacou que a carreira do colunista foi das “mais brilhantes e respeitadas nas redações do país”, e que conviveu por três décadas com o “excelente profissional”. “Arguto observador, irônico com maestria, crítico ferino, insistente apurador de fatos e bastidores”, declarou.

“Convivi por 30 anos com o jornalista Jorge Bastos Moreno. Perdi hoje um amigo. O jornalismo brasileiro perdeu uma de suas maiores referências. Arguto observador, irônico com maestria, crítico ferino, insistente apurador de fatos e bastidores, Moreno construiu uma das carreiras mais brilhantes e respeitadas nas redações do país. Minha solidariedade aos familiares e amigos deste excelente profissional que nos deixa de maneira tão repentina”, escreveu o presidente.

Fonte: oglobo.com
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário