Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Perícia conclui que arma que matou médica é de uso restrito e assassino estava à pé

0

A DHBF já concluiu que a médica foi assassinada com tiros de pistola calibre 9 milímetros, arma de uso restrito das Forças Armadas

A perícia complementar feita pela polícia ontem (29) mostrou que um dos responsáveis pela morte da dermatologista Gisele Palhares Gouvea estaria a pé na via expressa quando fez os disparos contra a médica. Durante a reprodução da cena do assassinato, o carro da vítima foi utilizado e um policial fez o papel de um dos bandidos, ficando a dez metros de distância do veículo de Gisele.

Segundo informações do Extra, a Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) já concluiu que a médica foi assassinada com tiros de pistola calibre 9 milímetros, uma arma de uso restrito das Forças Armadas. Na perícia, foi constatado que quatro tiros acertaram o veículo da médica: dois perfuraram a frente do veículo, um a lateral, um a traseira e um dos disparos quebrou o vidro do motorista e acertou a cabeça de Gisele.

Gisele foi morta no sábado (25), na Linha Vermelha, no Rio de Janeiro.

Comentários
Carregando