fbpx
Pesquisa aponta Scheilla Cassol entre os 10 primeiros para a Câmara

A candidata a deputada federal Scheilla Cassol (PROS) retomou sua campanha com garra e entusiasmo renovados desde 1º de setembro. Totalmente recuperada de delicado problema de saúde, a vice-presidente da Câmara de Vereadores de Pimenta Bueno deu um basta à boataria sobre seu estado físico: “Nunca estive tão bem, de corpo e de alma. Tive a força dos amigos e a mão do Senhor sobre minha vida, agradeço a todos de coração e sigo em frente”, resumiu a vereadora pimentense.

Seu retorno coincide com a divulgação de pesquisa que está sendo publicada esta semana em toda a imprensa e confirma a candidata como uma das 10 primeiras colocadas.

Em todas as reuniões, sabatinas de rádio e comícios, Scheilla tem apresentado em detalhes uma proposta inédita: viabilizar a implantação de um projeto-piloto junto ao Ministério da Saúde, com recursos garantidos por lei no Orçamento Geral da União, para que Rondônia seja o primeiro Estado da Federação a conceder 250 bolsas integrais de Medicina para estudantes do Ensino Médio.

“Tenho em mãos um estudo nacional feito pelo IPEA, Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas, que não deixa dúvidas: a falta de médicos é a maior demanda da população que precisa do SUS. Nossos estudantes, matriculados na rede pública de Rondônia, que se destacarem em sua vida escolar vão ter a chance de se formar em Medicina com bolsa integral, mesmo que sua família não tenha condições financeiras suficientes”, explica Scheilla Cassol.

Todos os 250 novos médicos irão trabalhar, nos primeiros anos após a residência médica, exclusivamente nos postos de saúde, nas equipes do PSF, nos hospitais gerais, em toda as unidades das redes públicas de saúde municipais e estadual de Rondônia. “Para os 250 bolsistas, que vão ganhar por toda a vida uma profissão das mais respeitadas, a contrapartida é retornar aos seus municípios de origem, preenchendo uma lacuna histórica nos serviços de saúde”, detalha Scheilla.
A proposta está sendo finalizada pela equipe técnica da candidata, que explica assim sua iniciativa: “Deputado federal não é despachante de luxo, pra ficar correndo de pires na mão pelos gabinetes de Brasília. Quando você luta por um projeto de alcance nacional, garantindo recursos federais de longo prazo, isso se chama visão estratégica de futuro. É trabalhar agora para as gerações do amanhã”.

TERCEIRA POSIÇÃO NA ZONA DA MATA E REGIÃO DA 429

Levantamento realizado pelo Instituto Rondoniense de Pesquisas e Estatística (IRPE) com 1.890 entrevistados entre os dias 4 e 6 de setembro revela que a vice-presidente da Câmara dos Vereadores de Pimenta Bueno tem potencial para levantar a votação de sua coligação, atingir o quociente eleitoral e chegar a uma cadeira no Congresso Nacional (ver dados abaixo). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília (DF), sob o protocolo RO-00030/2014.

Nério Aparecido Cardoso, estatístico responsável pelo trabalho (CONRE 9586-A), informa que foi colhida uma amostragem sistemática e estratificada de todo o eleitorado, com a aplicação de formulário com questões fechadas, das quais resultam dados quantitativos. As entrevistas diretas, in loco, foram feitas com eleitores de 17 municípios, incluindo os 10 mais populosos: Porto Velho, Ji-Paraná, Cacoal, Ariquemes, Vilhena, Jaru, Rolim de Moura, Ouro Preto d´Oeste, Pimenta Bueno e Espigão d´Oeste.
O investimento do IRPE, por conta própria, foi de R$ 20.000,00, segundo o diretor técnico Dejanir Haverroth, que garante: “O intervalo de confiança desta pesquisa alcança os 95%, com uma margem de erro de apenas 2%”. (CM)

Zona da Mata e 429 – Nomes mais citados

MARINHA RAUPP 26,3

NILTON CAPIXABA 11,1

SCHEILLA CASSOL 5,8

ANSELMO DE JESUS 5,5

LUIZ CLAUDIO 5,0

FATIMA CLEIDE 4,7

EXPEDITO NETO 4,2

AGNALDO MUNIZ 3,6

Outros nomes 11,4

Não respondeu 22,7

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta