Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Pesquisa Ipsos: 77% dos brasileiros acham justo mais impostos para quem tem renda maior

0

Na classe AB, 68% acham isso justo, contra 80% na classe C e 82% na classe DE; já para 88%, os impostos são muito altos e não são investidos na melhoria de escolas, creches, hospitais e estradas; 78% são contra a volta da CPMF

Estudo da empresa de pesquisa Ipsos em parceria com a Associação Comercial de São Paulo (ACSP) revela que 77% dos brasileiros consideram justo cobrar mais impostos de quem tem salários maiores e menos de quem tem salários menores.

Quando se analisa essa questão por classe social, vê-se que, na classe AB, 68% acham isso justo, contra 80% na classe C e 82% na classe DE.

Os dados compõem a pesquisa Pulso Brasil, monitoramento mensal da Ipsos acerca de indicadores políticos, econômicos e sociais, que em maio investigou a opinião dos brasileiros acerca de questões referentes aos impostos. O levantamento disponibiliza recortes por região e classe social.

Segundo a pesquisa, para 88% dos entrevistados, muitos impostos são cobrados e o dinheiro não é investido na melhoria de escolas, creches, hospitais e estradas. A insatisfação neste quesito é maior no Norte (95%) e no Sul (93%). Na sequência está o Centro-Oeste (89%). Nordeste e Sudeste ficam empatados com 86%. Já quanto às classes sociais, 89% dos entrevistados da classe C concordam com a afirmativa, contra 88% na classe A e 84% na classe DE.

“A Ipsos tem monitorado a percepção da opinião pública sobre esse tema nos últimos 10 anos e o que vemos é o brasileiro cada vez mais ciente de que a causa dos maus serviços na área social, por exemplo, tem origem na má utilização dos recursos e não da necessidade de se cobrar mais impostos. Precisamos ser mais eficientes e competentes na gestão dos recursos existentes”, diz Danilo Cersosimo, diretor responsável pelo Pulso Brasil na Ipsos.

Para Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), os resultados reforçam o que tem sido detectado em outros levantamentos: o brasileiro considera que paga muito imposto em relação ao retorno que ele tem na qualidade dos serviços públicos. “O contribuinte quer pagar menos. Porém, mais do que isso, quer um retorno compatível com o quanto contribui. Não adiantaria, por exemplo, ele pagar menos impostos, mas ter retorno ainda menor. A questão primordial é que o retorno não é proporcional, não é compatível com o que se paga”, frisa Burti.

Ele rechaça a ideia de aumentar impostos. “Os contribuintes – tanto pessoas físicas quanto jurídicas – já estão no limite do que podem pagar e qualquer elevação terá efeito negativo para o próprio governo, pois agravará a recessão e afetará ainda mais a arrecadação”, observa o presidente da ACSP.

Para 85% das pessoas ouvidas pela Ipsos, a população, além de desembolsar dinheiro com impostos, ainda precisa pagar plano de saúde privado, escola particular, segurança do condomínio, entre outros gastos, porque o governo não cumpre com a sua parte investindo o dinheiro nas áreas que ajudem a população.

Já segundo 83% dos brasileiros, se existisse um sistema de impostos mais simplificado, a sonegação diminuiria.

CPMF

Entre as mais de 10 perguntas feitas a consumidores de todas as regiões do Brasil, algumas tratam da possibilidade de volta da CPMF para aumentar a arrecadação do governo. Um dos resultados foi o seguinte: 74% já ouviram falar em CPMF, 25% desconhecem e 1% não sabe/não respondeu.

Já quando foi feita a pergunta “A proposta para voltar a cobrar a CPMF está em discussão no Congresso Nacional, ouviu falar disso?”, 61% disseram que sim, 37% desconhecem e 2% não sabem/não responderam.

Por fim, 79% são contra a volta da cobrança desse imposto; 12% não sabem e 9% são favoráveis ao retorno da CPMF.

A pesquisa Pulso Brasil sobre Impostos foi realizada entre os dias 29 de abril e 7 de maio em todo o País. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.

Veja a pesquisa completa:

PESQUISA PULSO BRASIL – IMPOSTOS

Comentários
Carregando