fbpx
PF apreende Carteira de Trabalho de advogado nomeado depois de morto na prefeitura de Vilhena

O advogado é filho do promotor de justiça do Ministério Público Estadual (MPE), Paulo Lermen

De acordo com o site NoticiandoRo, a Polícia Federal (PF) de Vilhena investiga suposto crime em nomeação de servidor na prefeitura após a morte. Rodrigo Lermen, filho do promotor Paulo Lermen teria recebido um cargo comissionado mesmo depois de morto.

Segundo fontes que preferiram não ser identificadas, a nomeação suspeita foi publicada em diário oficial em 03 de setembro de 2013 com data retroativa referente a junho de 2013, sendo que Rodrigo faleceu no dia 04 de julho.

A PF investiga o caso em um inquérito e há alguns dias apreendeu a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) de Rodrigo Lermen, onde estão os registros profissionais do advogado.

Mais informações devem surgir ao longo dos desdobramentos da investigação policial.

PF apreende Carteira de Trabalho de advogado nomeado depois de morto na prefeitura de Vilhena
PF apreende Carteira de Trabalho de advogado nomeado depois de morto na prefeitura de Vilhena

 

Fonte: NoticiandoRO

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta