fbpx
PF de RO prende 11 pessoas por tráfico internacional de drogas na Operação ‘Las Chicas’

Duas mulheres que comandavam as organizações criminosas estão foragidas. Droga trazida da Bolívia, chegava em Rondônia e era distribuída para outros estados.

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira (4) a ‘Operação Las Chicas’ que desarticulou duas organizações criminosas de tráfico internacional de drogas. Segundo a PF, duas mulheres comandavam as organizações e são consideradas foragidas. Elas traziam principalmente cocaína da Bolívia para Rondônia e distribuíam o entorpecente para o Nordeste, Sudeste e Norte do país. Ao todo foram cumpridos 11 mandados de prisão, 13 conduções coercitivas e 18 de busca e apreensão.

“As organizações eram chefiadas por duas fornecedoras que residiam em Guayaramerín (Bolívia), fronteira com Guajará-Mirim, em Rondônia. De Rondônia, o entorpecente era mandado para cidades do Sudeste, Norte e Nordeste. A investigação apurou que basicamente era cocaína que eles traficavam, cerca de 50 quilos mensais eram enviados para as outras regiões”, explica o delegado responsável pela Operação, Mateus Arcas.

De acordo com o delegado, de Guajará-Mirim, cerca de 50 quilos de droga eram movimentados pelas organizações criminosas no território nacional e as investigações para desarticular a quadrilha iniciaram no ano passado. Para distribuir o entorpecente, eles possuíam articuladores, atravessadores e transportadores em Rondônia. A droga era enviada em latarias de veículos, malas entre outros meios.

“Fato importante que a gente apurou, é que quando a droga chegava ao destino final, metade do dinheiro era trazido em espécie, o restante era depositado em contas bancárias nas quais se lavava o dinheiro por meio de ‘laranjas’. Prendemos um colaborador das organizações no porto oficial de Guajará-Mirim com R$ 210 mil em espécie tentando fugir para a Bolívia”, ressalta Arcas.

Mandados de Prisão

A Justiça Federal de Guajará-Mirim expediu 54 mandados judicias, sendo 20 de prisão preventiva, 19 de busca e apreensão e 15 conduções coercitivas para Guajará-Mirim, Porto Velho, Vilhena, Cacoal, Novo Horizonte do Oeste, Humaitá (AM) e Castanhal (PA).

“Cumprimos a maioria dos mandados no estado de Rondônia, em diversas cidades, mas principalmente em Porto Velho e Guajará-Mirim. Ao todo foram cumpridos 11 mandados de prisão, 13 conduções coercitivas e 18 de busca e apreensão nas cidades onde ocorreu a operação”, disse Arcas.

A PF diz que as duas mulhres que comandavam as quadrilhas estão foragidas e que um pedido será feito com a Bolívia para que o país coopere.

Foram apreendidos pela PF durante a Operação Las Chicas dois carros, uma motocicleta e uma caixa de munição ponto .40.

Fonte: g1/ro

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta